quinta-feira, julho 10, 2014

DENÚNCIA: Internauta misógino e racista continua solto

Por Cristiano Alves



Há pelas redes sociais, especialmente o Twitter, um troll racista e misógino que se apresenta pelo nome de Maurício Alves Neto. A estratégia deste troll consiste, resumidamente, em me acusar daquilo que ele pratica, ressentido por que não o incluí em meus círculos de amizade.

Já denunciado em A Página Vermelha, aparentemente se trata de um sujeito bipolar carente de atenção. Já foi flagrado se declarando olavette, stalinista, anarquista, liberal, nazista e social-democrata, é como uma biruta, que vai na direção que o vento sopra. Às vezes ele volta a assumir posições políticas que há apenas alguns dias atrás dizia ter recusado. O perfil do indivíduo chega a ser algo histriônico, bizarro. Que tipo de indivíduo mantém em seu álbum de fotos pessoal uma coleção dos insultos mais pesados? As imagens falam por si só! (Clique para ampliar)










O indivíduo é conhecido inclusive pelo movimento negro

Seu racismo já chamou a atenção até mesmo da direita política


O álbum do dito cujo é estranho. Além do uso de óculos escuros dentro de casa, coleciona insultos.




O dito cujo, que jamais pegou num fuzil ou prestou serviço militar, se diz "comandante"

Um comentário:

João Pedro disse...

Os comentários desse rapaz são risíveis. Não sabe o que quer ser da vida e deve jogar video game todos os dias.