quinta-feira, julho 18, 2013

MUNDO: Fotos das Forças Armadas Revolucionárias de Cuba

Por Cristiano Alves


As Forças Armadas Revolucionárias de Cuba constituem uma peça fundamental na defesa da pequena república socialista insular. Adotando a ideia de "guerra de todo o povo", todos os cubanos são desde cedo treinados para defender seu país e a Revolução Cubana, incluindo os portadores de necessidades especiais, que deverão de alguma forma contribuir em caso de guerra total, atuando, por exemplo, na arma de comunicações.

De acordo com informações, as Forças Armadas Revolucionárias são compostas por 85 mil pessoas, aparelhadas por equipamento de fabricação cubana e tendo como supridores a Rússia(antes União Soviética), China e Coreia do Norte. O Exército Revolucionário é a mais numerosa de todas as três armas(as outras duas Marinha e Aeronáutica). Clique para ampliar as fotos


Marinheiras cubanas. Repara-se o caráter multirracial da Marinha Revolucionária

No Exército Revolucionário foi abolido o sexismo(na foto, duas sargentos)

Desde a Revolução, os dois sexos compõem as Forças Armadas Revolucionárias. Nas potências capitalistas, somente 40 anos depois tornou-se comum a ampla participação de mulheres nas forças armadas

Parada militar feminina em Cuba, com todas as etnias da ilha representadas
Diversidade étnica no Exército Cubano. Ao fundo um dos fundadores das FAR, o argentino Ernesto Che Guevara

Militares cubanos marchando, em postura "ombro arma", em destacamento composto pelos 2 sexos

Homens e mulheres marchando juntos em defesa da Revolução, em seus imponentes uniformes e marcha comunistas
Marinheiros revolucionários cubanos, em postura "apresentar armas"

Mulheres e homens em postura "apresentar armas", em uniforme de parada

Cubana usando camuflagem das Fuerzas Especiales

Forças especiais cubanas, as "vespas negras", com camuflagem inspirada na vegetação caribenha


Parada militar na ilha socialista


Guarda de honra do Mausoléu de José Martí executando uma marcha típica de países socialistas

Desfile de carros de combate cubanos, de fabricação soviética

Dois generais de corpo de exército, cubanos.

Membros da Milícia Territorial. A doutrina da "guerra de todo el pueblo", evocada no peso cubano, sustenta a ideia de que todos os cubanos são responsáveis pela defesa do país. Aqui, cubanas da terceira idade tem instruções militares. A elas é apresentado um fuzil americano M-16 usado no Vietnã e durante a invasão da Baía dos Porcos, um helicóptero militar americano e uma submetralhadora PPSh-41, soviética, da IIGM

Primeiro-tenente cubana inspeciona um fuzil M-16

Soldado da Milícia Territorial

Desfile militar cubano

Atiradores de elite cubanos, visíveis apenas pela sua postura, em uniforme "ghillie" com textura para chão de terra

Militar comunista treina uma técnica muito empregada pelos vietcongues, com seu fuzil AKS


Soldados das forças especiais cubanas

Mísseis Terra-Ar(SAM) camuflados

Militares cubanos fora de forma, em evento evocativo da Revolução

Franco-atiradores cubanos armados com o fuzil cubano "Alejandro", equipado com luneta e visão noturna


Oficiais cubanos mostram um rifle antimaterial de fabricação cubana a um general bielorrusso


General do Exército chinês junto a oficiais marinheiros cubanos


Da esquerda para direita: oficial da marinha chinesa, marinheira cubana e sargento do exército, cubana


Militares cubanos manifestando sua solidariedade à Venezuela

F. Castro e o então major da Força Aérea Soviética Yuri Gagárin, primeiro homem no espaço. O primeiro negro no espaço, anos mais tarde, era cubano.

Dois sargentos cubanos equipados com lança rojão soviético "RPG". Repare na diferença de uniformes


Treinamento de defesa costeira com míssil Pechora, anti-navio. A principal ameaça à República de Cuba vem do mar e do ar, uma vez que seu agressor, os Estados Unidos, são indiscutivelmente a maior potência naval do planeta

Mi-24 "Hind" e Mi-8, ao fundo. Renomados helicópteros soviéticos, um de ataque e transporte e o outro de transporte de tropas. O "Hind" foi o mais temido helicóptero durante a guerra fria, chegando aparecer em filmes holywoodianos como "Rambo". Recentemente foi adquirido pelo Brasil sob o nome de AH-2 Sabre.

Formação de caças da Força Aérea Revolucionária, com três MiG-27 na dianteira e dois MiG-29 UB, ao fundo. O MiG-29 é um caça de extrema manobrabilidade concebido na ex-URSS e temido pela OTAN. A versão cubana é UB, biposta, com um armamento limitado que inclui mísseis Atol. Em 1996, um MiG-29 cubano derrubou um avião Cesna oriundo de Miami, que havia invadido o espaço aéreo cubano.

Militares cubanos com um fuzil AKM, 7,62

Duas militares comunistas posam para foto com seu fuzil AKM

Comandante Fidel Castro com um fuzil AKM, em meio a soldados e oficiais. Como vemos, ao povo cubano jamais faltaram oportunidades para acabar com o "terrível ditador".

Raul Castro, juto a veteranos comunistas

Militares cubanos em treinamento de combate corpo-a-corpo


Treinamento de combate corpo-a-corpo do Destino Especial Naval

Militares cubanos no que parece ser um Centro de Comando das Comunicações

Dois alunos de escola de preparação militar cubana, sendo visível a medalha ostentada pela jovem, possivelmente por ter sido a melhor de sua turma

Elián González, sequestrado por sua mãe até os Estados Unidos durante a infância, cadete da Escola Militar Camilo Cienfuegos, em reunião da Juventude Comunista

Um piloto de MiG-29A cubano, uma nova aquisição, e ao seu lado os mecânicos da aeronave


O então tenente-coronel Arnaldo Tamayo Mendéz, primeiro homem do Hemisfério Ocidental, não americano, a orbitar o planeta terra, sendo também o primeiro negro no espaço


General Arnaldo Tamayo Méndez, Herói de Cuba e Herói da União Soviética, recebendo um presente de uma jovem comunista cubana durante o evento "Amigos das Forças Armadas"


O então General de Exército Raúl Modesto Castro Ruz(atualmente comandante em chefe), um dos primeiros revolucionários cubanos da Sierra Maestra e atual comandante supremo das Forças Armadas revolucionárias. Além das diversas ordens e condecorações militares e civis por ele recebidas, ele ostenta a estrela de "Herói da República de Cuba", título e medalha atribuída a civis e militares com feitos heroicos a serviço de Cuba. Esta medalha e o título foram atribuídos aos "Cinco cubanos", presos nos Estados Unidos, R. Castro, e ao presidente soviético Leonid Brejnev. Raul Castro, junto a Che, foi fundamental na "conversão" de Fidel, então um liberal, às ideias comunistas, o que alinhou o país com a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas.

Comandante em chefe Fidel Alejandro Castro Ruz, comandante em chefe(posto equivalente a marechal), das Forças Armadas Revolucionárias e idealizador da Revolução Cubana. F. Castro, além das várias condecorações civis e militares cubanas, foi o primeiro latino-americano a receber o título e a estrela dourada de "Herói da União Soviética". Segundo o Guiness Book, Fidel foi o líder que mais tentativas de assassinato sofreu na história, a maioria patrocinada pelos EUA.


Fonte: Militaryphotos.net

10 comentários:

A Página Vermelha disse...

Corrigindo uma errata, Fidel Castro não foi o primeiro latino a receber o título e a medalha de "Herói da União Soviética", mas o primeiro latino americano.
O primeiro latino foi o espanhol Rubénz Ibárruri, filho de Dolores Ibárruri, "La Pasionera", tenente do Exército Vermelho que tombou durante a II Guerra Mundial combatendo os fascistas.

Сокол disse...

Que lindas as cubanas! Já repararam que todo país socialista costuma ter muitas mulheres bonitas?

Não importa se é a Polônia, a URSS, Cuba, Coreia do Norte, Tchecoeslováquia.

É notável essa tendência.

roberto caramonete disse...

Muito lindas essas cubanas...

roberto caramonete disse...

lindas

diego garcia de matos disse...

Excelente

diego garcia de matos disse...

MARAVILHA.

Joaoboscotdc disse...

Estou fascinado com o achado de "A página vermelha". Descobri que preciso estudar muito. E o comunismo e realmente maravilhoso, para minha alegria. Ver a verdade é muito necessário, haja vista aarticulação forçosa para que o mundomcontinue acreditando em todos os mitosqquee aprendemos a acreditar desde a mais tenra idade. Ainda estou em choque e analisando. Estou procurando me inteirar das bibliografias sugeridas em seus videos. Stalin, Coréia do Norte, alvos de demonização, sem falar de Cuba e Venezuela. O conteúdo desta página é muito importante. Parabéns pela luta.

Pedagogia do Futuro disse...

Hoje temos algo a comemorar, o fato de o presidente dos EUA Barak Obama, ter reatado as relações diplomáticas com Cuba, coisa para deixar republicanos, e o grande amigo deles chamado Olavo de Carvalho, com ódio mortal à Obama, pois a única coisa que eles como nazistas sabem fazer, é isso produzir ódio e terror. E este acordo teve a ajuda do papa Francisco no Vaticano, onde as delegações cubana e americana se uniram para este evento histórico. Mas também há um livro chamado Fidel e a Religião, que é uma entrevista realizada por um frade dominicano, o frei Betto com o comandante Fidel Castro, no Palácio da Revolução em havana em 1985, nela Fidel conta ao frei as conquistas da revolução. E mais tarde em 1998, o Papa João Paulo II, ao visitar o país, percebeu essas mesmas conquistas sociais, que não se encontram em países capitalistas, e há dois DVD chamado Memórias Cubanas, o primeiro retrata da revolução, e o segundo retrata a visita de João Paulo II à ilha, este termina com um belo gesto de despedida de Líder Comunista ao Papa. Agora com a conquista das relações diplomáticas entre os dois países, com certeza o dragão Olavo de Carvalho deve está cuspindo labaredas, como seus amigos republicanos, que só têm propostas para eles mesmos e suas famílias ganharem.

Pedagogia do Futuro disse...

É como sabemos, mais uma vez a mídia capitalista procura denegrir a imagem da revolução cubana. Pois a atual edição da burguesa revista Veja, eles puseram a imagem de Obama dentro da fotografia famosa de Ernesto Che Guerrava de la Sierna. e eles tiveram a cara de pau de dizer que Obama vai acaba com a ditadura comunista em Cuba, com o reato das relações diplomáticas entre os dois países.Muito bem, mais uma vez a oficial mídia capitalista brasileira querendo destruir com a imagem da heroica Revolução Cubana, distorcendo valores chamando-a de ditadura, sendo que ditadura é o que eles sempre apoiaram por trás, pois tanto a primeira ideologia do eixo Alemanha, Itália, e Japão, como as ditaduras militares patrocinadas pelos EUA, foram eles com sua imprensa que sempre apoiaram (podemos classificar o nazi fascismo, e os militares financiados pelos americanos de irmão mais velho e irmão mais novo, cujo objetivo sempre foi o mesmo acabar com os comunistas). Muito bem, o fato é que tudo aquilo que vai contra a concentração de renda nas mãos deles, e ao enorme abismo salarial e social que eles patrocinam, só para eles comerem a vontade, enquanto o resto passa fome, eles têm a insolência de acusar de ditadura, pois eles não querem perder o seu status quo individualista. No entanto a história mostrará a verdade, tanto é, que se o comandante Fidel Castro fosse o tirano que esses insolentes procurar tachar, eles já estaria morto a muito tempo por uma rebelião, contudo acontece o oposto em Cuba, o povo sempre o aclama, embora a mídia capitalista tenta dizer o contrário. Sinceramente é de dar rizadas desse pessoal todo, que com certeza morre de inveja, pois nenhum deles consegue ter o carisma de Fidel, justamente por seu azedume de pensar só em ganhar, ganhar, e ganhar. ma a verdade socialista prevalece sempre.

luiscesarx disse...

Tive o prazer de estar em Cuba e posso garantir que essas muchachas não só são lindas, mas respeitadas como cidadãs.