sábado, abril 12, 2014

MUNDO: No socialismo a vida era melhor, dizem os 66% dos romenos que, numa eleição hoje, votariam em Nicolae Ceausescu

Por Cristiano Alves


De acordo com uma matéria publicada no periódico El Mundo, 66% dos romenos votariam hoje em Nicolae Ceausescu, o secretário-geral do Partido Comunista Romeno fuzilado em 1989 após um violento golpe de Estado.


Na mesma pesquisa, 23% destacaram que o melhor da época era o emprego garantido e 14% apontaram como o melhor da época o bem estar. O barômetro indica que 73% dos romenos acredita que a Romênia está em mal caminho, apenas 23% pensa o contrário. A pesquisa entrevistou 1349 cidadãos em seu destino.

Após o golpe de Estado e o fuzilamento de Ceausescu e sua esposa, a Romênia retornou ao capitalismo. Hoje, o país, membro da União Europeia, vive de empréstimos do FMI, sua economia vai mal e o país é hoje o 2º mais pobre da Europa, depois da Bulgária. Milhões de trabalhadores romenos vivem em favelas, que não existiam durante o período socialista. Milhões de romenos deixaram o país, passando a viver como mendigos em lugares como a França, Itália e Portugal. Além disso, o país tornou-se um dos destinos favoritos do turismo sexual, na Europa. Milhares de jovens romenas ganham a vida em casas ou sites de prostituição.

"Não é lindo o capitalismo?"


Fonte: http://www.elmundo.es/internacional/2014/04/10/5346de4d268e3e8f598b458c.html



Um comentário:

Romildo Cardoso disse...

Certa vez tive contato com alguns romenos que, segundo me disseram, haviam saído de seu país em busca de melhores condições. Depois do golpe e da restauração do capitalismo houve uma queda vertiginosa na qualidade de vida na Romênia